Já deu água na boca? Basta mencionar a palavrinha sagrada e todo mundo já pensa no seu preferido: chocolate meio-amargo, ao leite, branco, com frutas, com nozes, em barra, bombom, sem esquecer das porcentagens variadas de cacau! A listagem de variações e delícias quase não tem fim. Mas afinal, de onde veio essa maravilha divina? A #mood docemente traz um pouco da história dessa delícia cremosa que já foi exclusividade de reis:

 

HISTORIA

 

Entre 1.500 a.C e 200 d.C. 
Pesquisas científicas apontam o norte da América do Sul como o berço do cacau. Os povos Olmecas, que viviam nessa época, domesticaram a planta e começaram a vender sementes em direção da América Central através de rotas comerciais.

250-900 d.C. 
O cacau ficou tão importante e valioso que os Maias o ofertavam a seus deuses. Eles foram os primeiros a usar a técnica de processamento da semente, que funcionava mais ou menos assim: a semente era fermentada, seca, tostada e moída, transformada numa pasta e misturada com água, pimenta e farinha de milho. Bem diferente da açucarada regalia de agora, não?

 1400 

Astecas dominam a civilização Maia e aprendem com eles a fazer a bebida maluca a base de cacau, que por sabe-se-lá o motivo continuava na preferência dos deuses. Adoçada com mel e especiarias, ganha o nome de cacauhatl (água de cacau) ou xocoatl (água amarga). #bizarro

1521 
O primeiro navio espanhol carregado de sementes de cacau chega à Europa, onde alguém (abençoado seja!!!) na Espanha resolveu colocar açúcar ao invés de pimenta na bebida. Ahá! Nasce aí o pai do chocolate moderno.

1600-1799 
Melhor época! O chocolate quente vira moda na Europa, transformando até a Rainha Anna, da Áustria, numa “chocólatra”. #quemnunca

1828
O holandês Conrad Van Houten inventa uma máquina que extrai a manteiga do cacau. A parte restante é transformada em pó. A produção da bebida é industrializada e surge o chocolate sólido, feito de manteiga, pó e massa de cacau e açúcar. Nascia ai o apaziguador das TPMs, o motivo das reconciliações entre namorados, a bebida mais desejada no inverno, o amor das festinhas infantis e o vício nosso de cada dia.

1847

J. S. Fry & Sons criaram a primeira barra de chocolate da qual se tem notícia e são responsáveis pela técnica de misturar pó de cacau, açúcar e manteiga de cacau derretida, formando uma mistura consistente capaz de se solidificar.

1875

O suíço de sobrenome famoso, Henri Nestlé, que já havia inventado o leite em pó, juntamente com Daniel Peter, desenvolveu o primeiro chocolate ao leite da história.

De lá pra cá é só alegria: fantásticas fábricas de chocolate se espalharam pelo mundo! Cada país contribuiu a sua maneira para a palheta de opções que temos, transformando o chocolate num negócio que, atualmente, chega até a flertar com a arte.

 

TIPOS

 

▪   Ao leite: possui pelo menos 25% de cacau, juntamente com a massa, o pó e a manteiga, além de ser rico em leite.

▪   Branco: contém pelo menos 20% de manteiga de cacau, é mais doce e tem textura mais cremosa.

▪   Amargo: pode possuir até 99% de cacau e não contém leite, por isso é conhecido como o “chocolate puro”; quanto mais amargo, menos açúcar o chocolate tem.

▪   Meio amargo: depois da versão ao leite, é a preferida dos brasileiros; contém mais massa e pó de cacau.

▪   Soja: feito com leite de soja, é indicado para os intolerantes à lactose e preserva alguns nutrientes da soja.

 

CURIOSIDADES

 

Chocolate também é um produto orgânico e sustentável: Para ser orgânico, o cacau precisa ser cultivado sem fertilizantes sintéticos, agrotóxicos ou transgênicos. A tendência do mercado de cacau é o raw chocolate (chocolate cru), produzido com cacau não torrado, ainda sem importância nutricional aprovada por especialistas.

Onde se produz mais chocolate? Na África! O país responsável pela produção de 70% dos 3,5 milhões de toneladas de cacau produzidas atualmente no mundo em cada ano. O Brasil é o sexto colocado no ranking e produz cerca de 160 mil toneladas por ano.

Chocolate e literatura: O escritor baiano Jorge Amado, que nasceu em meio a plantações de café, testemunhou e escreveu histórias que tinham como pano de fundo as plantações de cacau no sul da Bahia, como por exemplo os livros “Terras do sem fim”, “Gabriela Cravo e Canela” e “Cacau”.

Quem foi primeira chocólatra do mundo? A princesa espanhola Ana de Áustria é considerada a primeira pessoa apaixonada por chocolate de que se tem notícia. No início do século XVII, o chocolate ainda era somente uma bebida à base de cacau, que a princesa não passava um dia sequer sem a sua dose e é considerada a responsável pela chegada do chocolate à França.

Chocolate como remédio? Na Europa do século XVI, o chocolate era recomendado como remédio para curar febres, aliviar dores de estômago e referescar o corpo nos dias quentes. #BestRemédioEver

Onde se consome mais chocolate? Na Suíça. Lá, cada cidadão consume em média 10 quilos de chocolate por ano. O Brasil fica em sexto lugar na lista, com apenas 2 quilos por pessoa. Bora subir nesse ranking meu povo!

Vantagens do cacau: Os grãos do cacau possuem substâncias antioxidantes chamadas flavonoides, que ajudam a fortalecer a saúde vascular e a prevenir certos tipos de câncer. Mas, para nossa tristeza, a maioria dessas maravilhas se perde durante o processamento.

Segunda Guerra Mundial, obrigada pelos nossos M&M’s: Foi em 1940 que os primeiros M&M’s começaram a ser vendidos nos Estados Unidos. Durante a Segunda Guerra Mundial, os soldados americanos recebiam do exército pacotes de M&M´s junto com a ração pois eram fáceis de transportar e suportavam qualquer tipo de clima, além de não derreterem facilmente entre os dedos.

Como a MOOD é muito amor, a gente descolou uma receita maravilícia pra vocês:

RECEITA

 

CHOCOLATE QUENTE COM BOMBOM!

Igredientes:

▪   3 bombons de chocolate

▪   1 xícara (chá) de leite integral

▪   1 colher (sopa) de chocolate em pó sem açúcar

Preparo:

No liquidificador, bata todos os ingredientes até ficar o ponto de espuma e o bombom estar bem quebrado. Coloque em uma caneca e esquente no microondas em potência máxima por 1 minuto.

#NoMOODdoNHAMI

Confiram a inspiração musical pra esse post, que também serve pra você fazer a nossa sugestão de receita enquanto saltita feliz pela cozinha:

Tá, agora pode ir devorar um pedaço pra matar a vontade que ficou, se é que já não comeu meia barra lendo isso…


MOOD

Pense num site onde é possível encontrar entretenimento, cultura, playlists e dicas tudo num só lugar. Muito mais que um depositório de ideias, na MOOD é possível encontrar o que acontece no seu universo. Voltada para almas jovens e curiosas, o site é um espaço que permite a criação, lança tendências e transcende os padrões dos veículos tradicionais, desenvolvendo desde estudos mais complexos sobre a contemporaneidade até divagações rotineiras do nosso dia a dia.

All author posts

Privacy Preference Center