Wobble é um coletivo de DJs e produtores que visa propagar a cultura da música bass no Brasil. Fabio HeinzRodrigo S e a dupla Marginal Men, formada por Gustavo Elsas e Pedro Fontes, são os nomes por trás da Wobble e sempre se apresentam ao lado de outros produtores e talentos nacionais e internacionais a cada edição da festa. Celebrando desde a cultura de rua à cena dos clubes noturnos, hoje a festa acontece regularmente todos os meses no Rio de Janeiro e em São Paulo. Aproveitando o período de férias, a Wobble vem realizando em julho uma temporada de inverno, ás quintas, no clube que a projetou: o Fosfobox, no Rio de Janeiro.

Desde 2012, quando a festa começou, a Wobble conta com convidados especiais no line-up e já recebeu artistas como Mr. Carmack, DJ Rashad, Diplo, MC Bin Laden, Omulu, entre outros. A temporada de inverno não ficou atrás e apresentou convidados de nomes fortes da cena bass como DJ Spinn (EUA), Sants, CESRV e Marky.

Capa_EP

Nas próximas duas edições a Wobble é a plataforma de lançamentos de novos trabalhos de produtores como Kinkfolk. Carioca, ele assina seu EP de estréia pelo selo independente RWND Records (que foi criado com o intuito de diminuir o gap entre a música eletrônica e a cena rap) com participações de produtores como Neguim Beats, de Goiania e SK!TZ Beatz dos UK, além das vozes de Jxnvs e BK do Nectar Gang. O lançamento será nesta quinta, dia 23, na festa que contará também com set de Neguim Beats, produtor em ascensão com 22 anos que é residente do El Club (GO) e figura fácil nas pistas de Brasília e São Paulo. Recentemente assinou com um selo de Singapura, o Darker Than Wax, e é conhecido também por criar beats para rappers como Funkero e Cartel MCs, entre outros. “A melhor fase do Neguim Beats é a mais recente, instrumental. Basquiat é um clássico e recentemente ganhou versão com letra de Aren, rapper carioca de 17 anos. Além disso, o Neguim é muito carismático, deve bombar mais este ano”, diz Pedro Fontes.

Ruxell
(Ruxell/Divulgação)

 

Na próxima quinta, dia 30, a festa será palco do lançamento de outro EP, dessa vez o do carioca Ruxell, de Jacarepaguá. O trabalho tem colaborações de Marginal Men, Flying Buff e Heavy Baile (Leo Justi). “Expectativas a mil, ansiedade e muito trabalho desde já. Estarei fazendo o lançamento do meu novo EP chamado Kaozada, que se define na mistura de clássicos do funk com a bass music atual. Após um trabalho de meses tendo a colaboração de muitos produtores do Brasil, finalmente chegará nas pistas da melhor forma possível. Espero que esta noite seja marcante para todos, com muito bass e energias positivas pra finalizar com chave de ouro a temporada da Wobble“, diz Ruxell.

Serviço:

Wobble – temporada de inverno 2015

Quinta, 23, DJs residentes com Neguim Beats (GO) e KinkFolk (RJ)

Quinta, 30, DJs residentes com KL Jay (SP) e Ruxell (RJ)

Fosfobox Bar / Club

Rua Siqueira Campos, 143 – Copacabana – Rio de Janeiro

Telefone: + 55 (21) 2547 5976

E-mail: [email protected]

Preços:

Na lista: R$ 30 até 1/2 noite e R$ 40 após. R$ 50 normal

Para nomes na lista:

http://www.fosfobox.com.br

 

foto capa:KinkFolk/I Hate Flash