Serendipity 

Talvez devêssemos prestar um pouco mais de atenção. Mais um pouco, um pouco mais… prestou? O que você está fazendo agora? Lendo este texto? Pode ser. Mas o que ou quem está com você aí neste momento? Quem sabe um livro recém comprado ou uma pessoa de quem você goste muito (online ou off-line, em ambos os casos). Tanto faz. Há coisas acontecendo aqui, ali e lá fora que são oportunidades passageiras. É aquela questão do “cavalo passando encilhado”, ou você agarra com força ou deixa ele ir embora. Pode ser que nunca volte.

Mais do que aproveitar essas oportunidades, estamos falando de nos prepararmos e estarmos dispostos a percebe-las. O termo inglês não muito conhecido “serendipity” é o resumo de algo ainda mais complexo. Também traduzido para o português como “serendiptismo” ou ainda “serendipitia”, significa algo como “descobertas incríveis feitas, aparentemente, por acaso”. Algo muito comum na área da ciência, em que grandes nomes já se depararam com isso.

Do grego Arquimedes, ao descobrir o que ficou conhecido como Princípio de Arquimedes depois de passar um tempo ao acaso mergulhado em uma banheira (“Todo corpo mergulhado num fluido em repouso sofre, por parte do fluido, uma força vertical para cima, cuja intensidade é igual ao peso do fluido deslocado pelo corpo.”), até Newton, após uma maçã cair em sua cabeça enquanto repousava embaixo de uma árvore, dando origem à mundialmente conhecida 3ª Lei de Newton ou Lei da Gravitação Universal.

Exemplos científicos que podem muito bem ser traduzidos para o nosso dia a dia, meu amigo e/ou minha amiga. Talvez você esteja mergulhado(a) em soluções ou elas estão caindo em cima de você sem que dê a atenção necessária. O que você está buscando agora? Resolver um problema? Encontrar aquela pessoa especial? Há uma grande chance de estar tudo aí. Então, novamente te pergunto: o que ou quem está com você aí neste momento? O que isso diz ou significa? Preste atenção!

Uma grande descoberta pode ser bem óbvia. Só é preciso estar atento(a), disposto(a) a enxergar. Serendipity faz referência ao acaso, mas pode ser que algumas dicas sejam dadas de propósito. Não faz diferença. O que vai fazer diferença é o fato de você estar aberto(a) a receber isso e depois decidir o que fazer. Se aquele cavalo passar faça uma escolha: montar ou não montar. Não fique indiferente aos acontecimentos. Pode ser uma grande oportunidade de negócio, pode ser a pessoa que você esperou a vida toda ou, quem sabe, grave o seu nome na história como Newton e Arquimedes. Prestou atenção?

Deixe uma resposta