Cinco filmes imperdíveis e que batem um bolão

Vai ter copa. Aliás, já está acontecendo. O evento toma conta de estádios, da televisão, das ruas e principalmente, dos brasileiros. Contagiante, o futebol-arte já foi bastante retratado do cinema seja como personagem principal ou dando fundo para alguma história. Selecionamos cinco filmes imperdíveis, dos mais diversos, que trazem o futebol como uma de suas temáticas. Perfeitos para aquele momento em que não acontece uma partida do campeonato mundial.

 

O Ano em que meus pais saíram de férias (de Cao Hamburguer)

meuspaisdeferias

 

A ditadura e a copa de 1970 pelos olhos de um garoto que não entende muito bem a viagem de férias que seus pais decidem fazer, O Ano em que meus pais saíram de férias é considerado um dos grandes filmes do cinema brasileiro dos últimos anos e conta a história de Mauro, o garoto que é deixado pelos pais com seu avó em São Paulo. Porém, o velhinho logo falece e então, Mauro sem poder voltar para casa e recebendo algumas ligações dos pais, acaba morando com o vizinho, um senhor judeu rabugento, enquanto aguarda o retorno dos familiares. Com um roteiro semi-autobiográfico de Cao Hambuguer, o diretor retorna às telas novamente dando destaque ao olhar da criança.

 


 

À Procura de Eric (Looking for Eric, de Ken Loach)

eric

 

Eric, um carteiro de meia-idade está em crise. Sua companheira que acabou de sair da prisão não retornou para sua casa mesmo após meses de liberdade. Sozinho e com dois terríveis e desobedientes enteados para cuidar, o que lhe dá inspiração é o cartaz de outro Eric, o craque do futebol francês Eric Cantona. O jogador aparece para o carteiro solitário como uma fada-madrinha, repassando ensinamentos, filosofias futebolísticas e inspirações.

 


 

Driblando o Destino (Bend it Like Beckham, de Gurinder Chadha)

driblando

 

Fazendo parte de um ambiente ortodoxo e repleto de tradicionalismos da cultura indiana, Jess (Parminder Nagra) nutre uma paixão incontrolável por futebol e o craque David Beckham. Sua família não aprova uma garota jogando futebol. Eles querem que ela pendure as chuteiras, encontre um bom namorado e aprenda a cozinhar perfeitamente. Rebelde como Jesse é, ela irá quebrar barreiras e mostrar que é possível até mesmo conciliar os dois mundos.

 


 

Heleno (de José Henrique Fonseca)

heleno

 

Lançado em 2011, Heleno é a cinebiografia do craque Heleno de Freitas falecido em 1959. Contraditório, o jogador, interpretado por Rodrigo Santoro, se mostrava ao mesmo tempo elegante e arrogante, viveu intensamente e causou grandes controvérsias dentro e fora dos estádios. Inspirado no livro de Marcos Eduardo Neves, a produção coloca o futebol somente como um pano de fundo de uma intensa história de um dos grandes jogadores que já passaram pelos gramados do país, tudo em uma belíssima fotografia em preto e branco.

 


 

Fora do Jogo (Offside, de Jafar Panahi)

offside

 

Que o cinema iraniano é um dos melhores do planeta, não existem dúvidas. Destacando muito a mulher em suas produções, o país se firmou com as realizações de Abbas Kiarostami. Aqui, em Fora do Jogo conferimos o trabalho de um dos principais colaborados de Kiarostami: Jafar Panahi. Na história, um grupo de mulheres quer conferir uma partida da Copa do Mundo que acontece no país. O problema é que as mulheres são proibidas de ir aos estádios de futebol, sendo até mesmo presas. Mas o grupo decide burlar as regras e se vestir de homens para conferir a partida. Uma obra primorosa e que retrata a paixão escondida das mulheres do país pelo esporte.

 

 

 

Deixe uma resposta