Star Wars conquistando a nova audiência

Quando pensei em escrever sobre assunto, logo percebi que poderia ter problemas com quem é fã dos filmes. Por favor fã de Star Wars, entenda este texto mercadologicamente, ok?! Boa leitura!

Nunca fui muito fã dos filmes de Star Wars, confesso que acho a história interessante e assisto como qualquer outro filme. “Heresia!” alguns fãs dirão, mas o que me surpreendeu foi a capacidade desta franquia de se reinventar, ser atual, estar sempre na mídia e captar novos fãs/clientes.

Meu filho, que hoje tem 6 anos, viu seu primeiro filme de Star Wars a menos de dois meses. O fato interessante é que ele já era fã dos personagens (como eu jamais fui) antes de assistir ao filme. Estranho? Definitivamente não, pois a experiência dele com o universo da guerra nas estrelas iniciou bem antes, através de franquias de jogos, brinquedos, e filmes de animação (Lego, Angry Birds, Games, entre outros) que trouxeram para ele, dentro da sua capacidade e interesse de entender, a interação com os personagens e com o enredo (ele descobriu que o Darth Vader é o vilão por ser o porco mais forte).

star wars lego

“É só um licenciamento!” pode esbravejar outro fã, este é um caminho curto para o resultado financeiro e fraco em engajamento, pois você dá aos fãs a oportunidade de interagir com a marca com algum produto apenas, mas neste caso é notório que a estratégia está orientada para atrair uma nova audiência, engajar o público com novas interações e chegar ao resultado financeiro esperado com envolvimento e relacionamento, não apenas como um simples licenciamento.

Mesmo um ícone da cultura pop como Star Wars sofre com desafios relacionados a estes temas (novos clientes e engajamento) que são cada vez mais comuns nas empresas. A tática utilizada foi utilizar novos ícones pop (marcas) para auxiliar na conquista de novos clientes.

Por mais que o meu filho não entenda a complexidade da história, sem dúvida é uma marca que ele vai desenvolver interesse com o passar dos anos. Existe um amplo leque de experiências que a franquia já produziu (e ainda irá produzir) que ele irá vivenciar conforme seu crescimento e amadurecimento.

star wars angry birds

A estruturação do tipo de interação (games e brinquedos) e das marcas (Lego e Angry Birds) demonstram o interesse em renovar/ter novos clientes. “Mas adultos jogam Angry Birds!” grita o fan boy, sim meu caro, mas junto com Lego são produtos para crianças e ao unir Star Wars com crianças fica claro que o interesse está em novos clientes. Não se irrite com isso, é assim que sua amada marca vai continuar a crescer e produzir mais e quando seu filho crescer, você vai ganhar um grande parceiro!

O desafio de captar novos clientes é comum a todas as empresas, muitas vezes batendo na mesma tecla, ou seja, ampliar dentro do mesmo foco de atuação. Com a estratégia em ampliar o público-alvo para crianças aliada a tática de utilizar blockbusters do público infantil é uma solução que parece simples, mas demonstra a complexidade do plano traçado para Star Wars para criar uma relação de longo prazo com o seu consumidor.

Deixe uma resposta